sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Funções do Diretor Escolar


Atualmente não cabe mais ao Gestor Escolar (Diretor) uma postura autoritária, na qual só ele define, opina, resolve.
O gestor moderno deve aliar conhecimento, habilidade, jogo de cintura e até ousadia.
Não deve se intimidar em inovar, em arriscar-se para obter sucesso em seus empreendimentos.
Hoje, toda comunidade escolar participa das decisões da escola, é chamada a Gestão Democrático - Participativa, onde se houver acerto, todos acertam juntos e se houver erro, todos erram junto.
O Gestor Escolar tem diversas atribuições: Administrativas, Pedagógicas e Sociais.
A seguir, as principais atribuições do diretor escolar:
- Cumprir e fazer cumprir a legislação em vigor;
-Responsabilizar-se pelo patrimônio público escolar recebido no ato da posse;
-Coordenar a elaboração e acompanhar a implementação do Projeto Político-Pedagógico da escola, construído coletivamente e aprovado pelo Conselho Escolar;
-Coordenar e incentivar a qualificação permanente dos profissionais da educação;
-Implementar a proposta pedagógica do estabelecimento de ensino, em observância às Diretrizes Curriculares Nacionais e Estaduais;
-Coordenar a elaboração do plano de Ação Do estabelecimento de ensino e submetê-lo à aprovação do Conselho Escolar;
-Convocar e presidir as reuniões do Conselho Escolar, dando encaminhamento às decisões tomadas coletivamente;
-Elaborar os planos de aplicação financeira sob sua responsabilidade, consultando a comunidade escolar e colocando-os em edital público;
-Prestar contas dos recursos recebidos, submetendo-os à aprovação do Conselho Escolar e fixando-os em edital público;
-Coordenar a construção coletiva do Regimento Escolar, em consonância com a legislação em vigor, submetendo-o à precisão do conselho escolar e, após, encaminha-lo ao Núcleo Regional de Educação para a devida aprovação;
-Garantir o fluxo de informações no estabelecimento de ensino e deste com os órgãos da administração estadual;
-Encaminhar aos órgãos competentes as propostas de modificações no ambiente escolar, quando necessária, aprovadas pelo Conselho Escolar;-Deferir os requerimentos de matrícula;
-Elaborar, juntamente com a equipe pedagógica, o calendário escolar, de acordo com as orientações da Secretaria de Estado da Educação, submetê-lo à apreciação do Conselho Escolar e encaminhá-lo ao Núcleo Regional de Educação para homologação;
-Acompanhar, juntamente com a equipe pedagógica, o trabalho docente e o cumprimento das reposições de dias letivos, carga horária e de conteúdo aos discentes;
-Assegurar os cumprimento dos dias letivos, horas-aula e horas-atividades estabelecidos;
-Promover grupos de trabalho e estudos ou comissões encarregadas de estudar e propor alternativas para atender aos problemas de natureza pedagógico-administrativa no âmbito escolar;
-Propor à Secretaria de Estado da Educação, via Núcleo Regional de Educação, após aprovação do Conselho Escolar, alterações na oferta de ensino e abertura ou fechamento de cursos;
-Participar e analisar a elaboração dos Regulamentos Internos e encaminhá-los ao Conselho Escolar para aprovação;
-Supervisionar a cantina comercial e o preparo da merenda escolar, quanto ao cumprimento das normas estabelecidas na legislação vigente relativamente a exigências sanitárias e padrões de qualidade nutricional;-Presidir o o Conselho de Classe, dando encaminhamento às decisões tomadas coletivamente;
-Definir horário e escalas de trabalho da equipe técnico-administrativa e equipe auxiliar operacional;-Articular processos de integração da escola com a comunidade;
-Solicitar ao Núcleo Regional de Educação suprimento e cancelamento de demanda de funcionários e professores do estabelecimento, observando as instruções emanadas da Secretaria de Estado da Educação;
-Organizar horário adequado para a realização da Prática Profissional supervisionada do funcionário cursista do Programa Nacional de Valorização dos Trabalhadores em Educação ~ Profuncionário, no horário de trabalho, correspondendo a 50% (cinquenta por cento) da carga horária da Prática Profissional Supervisionada, conforme orientação da Secretária de Estado de Educação, contida no Plano de Curso;
-Participar, com a equipe pedagógica, da análise e definição de projetos a serem inseridos no Projeto Político-Pedagógico do estabelecimento de ensino, juntamente com a comunidade escolar;
-Cooperar com o cumprimento das orientações técnicas de vigilância sanitária e epidemiológica;
-Viabilizar salas adequadas quando da oferta do ensino extracurricular plurilinguístico da língua Estrangeira Moderna, pelos Centro de línguas estrangeiras modernas - CELEM;
-Disponibilizar espaço físico adequado quando da oferta de Serviços e Apoios Pedagógicos Especializados, nas diferentes áreas da Educação Especial;
-Assegurar a realização do processo de avaliação institucional do estabelecimento de ensino;
-Zelar pelo sigilo de informações pessoais de alunos, professores, funcionários e famílias;
-Manter e promover relacionamento cooperativo de trabalho com seus colegas, com alunos, pais e com os demais segmentos da comunidade escolar;
-Assegurar o cumprimento dos programas mantidos e implantados pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação /MEC - FNDE;
-Cumprir e fazer cumprir o disposto no Regimento Escolar.
Diante de tantas funções e atribuições, nota-se que o gestor escolar deve agir como líder, pensando no progresso de todos que fazem parte de sua equipe.
Um gestor líder é capaz de desenvolver o potencial de trabalho de toda sua equipe, fazendo com que esta sinta-se capaz de transformar e realizar com sucesso todos os projetos desenvolvidos pela instituição de ensino.
Para conduzir sua equipe o gestor competente sempre tem uma propósito a ser concretizado e uma estratégia de ação para conquistar seus objetivos. Esse é o ponto de partida para que as ações da equipe escolar sejam bem sucedidas e quando uma de suas estratégias falha, o gestor escolar incentiva sua equipe a descobrir o que é necessário fazer para dar um passo a diante.
O gestor escolar deve ter consciência de que sua equipe não limita-se a alunos, professores e demais funcionários internos da instituição. A equipe escolar é composta também pelos pais dos alunos e por toda a comunidade de forma geral, que deve ser mobilizada para que juntos possam promover o principal objetivo de toda equipe escolar: a aprendizagem dos alunos.

6 comentários:

  1. Respostas
    1. Muito bom, na medida para desenvolver o conhecimento do gestor escolar,

      Excluir
  2. MUITO GRATIFICANTE ESSE TEXTO,FOI DE GRANDE VALIA

    ResponderExcluir
  3. otimo esta bem claro obrigado

    ResponderExcluir
  4. gostei da informacao foi muito valioso para me .obrigado

    ResponderExcluir